quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Por aí...

Vocês já repararam como uma simples frase escrita num jornal ou numa propaganda, ou um trecho de música ouvida num bar e até mesmo uma conversa pescada por acaso na rua, transformam o nosso dia para melhor? Aconteceu comigo.
Dia desses numa fila de banco estressante ouvi duas "comadres" conversando animadamente sobre uma terceira pessoa, viúva, que conseguiu um namorado.
_ Pô, ela tá muito bem... arrumou namorado, tá mais bonita e emagreceu!
_ Quem dera fosse comigo...  Nem sei mais o que é dar um beijo na boca! Faz tempo que não faço isso...
_ Muito tempo mesmo, né? 
_ Quase dez anos, mulher! Sabe o que é isso?
_ É... (disse a outra, com cara de paisagem...)

Depois de ouvir as duas, saí até mais leve do banco e nem pensei em reclamar do tempo perdido na fila.
Corri para casa e me deliciei em ver o maridão ali, bem pertinho!

4 comentários:

Beth Blue disse...

Depois de ler seu post confesso que me senti um pouco mais feliz, rsrsrsrs. O amor é lindo - e amor de verdade mercadoria raríssima hoje em dia, tem de dar valor mesmo!!!

beijos transatlânticos...

Isabella disse...

Oi Andrea,

passei aqui pra lhe desejar um FELIZ NATAL e um LINDO 2009! Vou ficar fora por quase 3 meses mas blogando sempre que possível : )

beijo grande

Arnaldo disse...

Putz! Fiquei pensando. Se não fosse por essa conversa, ouvida na fila do banco, que sensação iria ter ao chegar em casa e ver o maridão ali, bem pertinho?

Às vezes é bom levar umas chacoalhadas pra não atravessar a rua sem olhar. Mas a gente deve sempre se lembrar de olhar pros dois lados.

Andrea Drewanz disse...

Bella,
Vamos ver se conseguimos nos encontrar, né?


Bem lembrado, Arnaldo!!!
Fico feliz por vc ter voltado a frequentar o BOX.

Bjsss