quinta-feira, 15 de maio de 2008

Chamem o Freud

Hoje estava tomando café e parei para assistir o programa do David Letterman, porque a entrevistada era a atriz Helen Hunt, que eu sempre gostei. Digo gostei, porque neste exato momento estou revendo meus conceitos. Lá pelas tantas ela disse que sua filha de 4 anos, nunca, nunca mesmo, havia assistido televisão e nem mesmo filmes de cinema.

E que, às vésperas de seu aniversário, a menina não sabia quem era o personagem principal da festinha de aniversário, o 'Nemo'.

Ora, cá entre nós, alguma coisa não está bem explicada.

Se Helen não permite a filha assistir TV, nem filmes, porque então escolhe o 'Nemo' como tema da festa?

Deixar de assistir TV e seus programas, não é surpresa, principalmente entre mães que se dizem 'preocupadas' com o poder e a influência maléfica da mídia, mas daí a impedir que a crianças assistam filmes infantis, qual o problema?

Seria uma punição com ela mesma ou com a filha? Ui, ui, ui...

3 comentários:

Cris A. disse...

Já vi o programa do Letterman e nunca pareceu que as pessoas estavam sendo totalmente honestas. Quero dizer, pela piada os caras falam qualqur coisa. É meio tudo meio sem graça, não gosto muito.

Eu penso que... disse...

É verdade.
Também não gosto daquilo ali, soa muito falso!
Mas parei pq era a Helen Hunt e queria ouvir o que ela tinha para falar...
Me arrependi.

Arnaldo disse...

O programa do David Letterman é aquele que o Jô Soares copiou pra fazer seu talk Show. Já gostei dos dois, hoje não suporto nenhum.