segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Nova York é sempre uma ótima lembrança

Há exatos nove anos atrás estava em NY, ao lado do meu marido, curtindo uma viagem inesquecível. A gente resolveu aproveitar o feriado de finados e sem pensar duas vezes fomos curtir os ares novaiorquinos de final de outubro. Eu ainda trabalhava num jornal carioca e tinha pouquíssimos feriados livres para viajar. Havia o tal revezamento e quase nunca conseguia um feriado longo pela frente.
Para arrumar hotel foi uma loucura, tanto que ficamos hospedados na casa de amigos, em New Jersey. Foi a salvação, porque não sabíamos que nesta época Manhatan fica lotada, por causa da Maratona.
Não tínhamos a menor noção do que era a Maratona de NY. No máximo, pensei se tratar de uma corrida para os habitantes locais, sem grandes pretensões. Que engano! Tudo pára por causa da Maratona. E observá-la é super interessante.
Ficamos o dia inteiro de domingo acompanhando os atletas pelas ruas próximas ao Central Park. Para qualquer lado que nós andássemos, sempre víamos faixas de proibido circular, estacionar. A infra-estrutura da polícia, dos organizadores e o apoio dos habitantes com o evento, nos deram uma lição maravilhosa de cidadania e de respeito ao próximo. Todos ali estavam unidos com o intuito de realizar um grande acontecimento que já é marca registrada da cidade.
Me lembro quando encerrou a corrida, vários atletas receberam uma espécie de capa de chuva, bem leve e metálica, que era para manter o corpo numa temperatura equilibrada. Quem olhasse de longe só via um manto espelhado por cima de toda aquela gente. Um visual belíssimo.
Aproveitamos ao máximo aqueles poucos dias na cidade. Deu tempo de ir ao teatro, às Torres Gêmeas e todos aqueles já famosos pontos turísticos.
Não consigo esquecer um sanduíche que comi na Brodway, numa lanchonete de esquina quase em frente a megastore da Virgin. Entramos para tomar uma água e pedimos algo para comer. O sanduíche era espetacular. Pão ciabata, com pastrami e uma saladinha de repolho ou aipo cortados bem fininhos, e temperada com alguma maionese ou creme de ervas... simplesmente divino!
Até queria pedir uma ajuda a minha xará, para saber o nome desta lanchonete tipicamente americana. Só consigo me lembrar do nome do sanduíche. Se chamava Rachel.

4 comentários:

Andréa N. disse...

Deixa comigo. Vou descobrir e te conto.

Annix disse...

Pensei na Carnegie Deli, mas não é exatamente na Broadway, é na rua de trás. Será que é a Roxy's Deli?

Andréa N. disse...

Tô achando que foi o "Cosi": http://www.getcosi.com/
ou o Xando's (que faz parte da mesma rede). Dependendo da localidade pode ser um ou outro. A saladinha a que vc se refere chama-se "cole slaw" e é tradição em qualquer cafe, lanchonete e restaurante americano. Sempre vem servida ao lado dos sanduiches. Eu ADORO. Meu marido não gosta muito, então eu sempre como duas, hehe...

Eu penso que... disse...

Andrea.
Acho que ainda não é esta lanchonete. Mas valeu pela boa vontade em procurar!
A salada é mesmo deliciosa, né?
Bjs.