segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Cada macaco no seu galho



Todo mundo sabe que existem milhares de sagüis espalhados pelo Rio de Janeiro. Se eles são uma das poucas espécies sobreviventes da Mata Atlântica eu não sei, mas com certeza é uma das mais conhecidas e fáceis de se encontrar por aí...

Pois não é que hoje li no jornal que os micos atacaram uma menina no Parque Laje, reduto de artistas e estudantes de Belas Artes, localizado na zona sul da cidade. Segundo a mãe da garota, eles se aproximaram no momento em que a menina comia um biscoito... e subitamente, um deles mordeu o calcanhar dela.

Fica a pergunta: Quem são realmente os selvagens???
Nós, que invadimos o habitat desses bichinhos ou eles, que não tem mais como sobreviver na floresta e descem em busca de alimento?

Um comentário:

La Belle® disse...

Os miquinhos ficam perambulando pela rua que moro. Volta e meia param em frente à janela encarando a gente e "pedindo" comida. Fazem até pose para tirarmos fotos.

Adoro bichos, não podia fugir à regra, mas não costumo "dar idéia" nem comida para animais na rua.. Cada um no seu lugar. Esses miquinhos podem transmitir trocentas doenças e por mais bonitinhos que sejam, que permaneçam no Parque Lage...rs

Se a gente observar, encontra animais em lugares que não esperamos. Outro dia, encontramos uma preguiça na BR-101, pedindo para ser retirada do galho que estava pendurada. Tem muita gente que retira os bichos dali para que se adaptem em outros lugares e para o comércio ilegal.

Semana passada, encontraram mais de 500 passarinhos escondidos no forro da porta de um carro aqui no RJ.... Uma tristeza.