quarta-feira, 8 de agosto de 2007

Não sei o que fazer

Chegou um momento decisivo para mim... e não tenho mais como adiar.

Há tempos meu filho vem me pedindo um cachorro de estimação. Sei que será uma roubada (para mim, é claro!) comprar um filhote para ele. Não é que não gosto de cachorros. Adoro. Eles lá e eu aqui. hehehehehe...

Brincadeira...é que minha história com cães já é antiga. Fui criada em uma casa enorme e minha mãe, que é louca por bichos, sempre teve cães, pelo menos uns três. Atualmente ela tem uns cinco ou seis (eu acho) cachorros em casa, além dos passarinhos e diversos micos. Por isto é que minha "disponibilidade" para animais domésticos já está esgotada.


Eu e meu marido já temos idéia do que é cuidar de um cão, e não queremos assumir mais este compromisso. Moro em apartamento, o que acaba sendo um transtorno. Terei que sair pelo menos de 3 a 4 vezes por dia para levar o animalzinho para passear e cumprir suas necessidades fisiológicas... E sei, não preciso ser vidente, que esta será uma responsabilidade minha. Mais UMA! Sinceramente... Não estou podendo!


Então, ontem, de repente, meu filho veio com esta pergunta. "Já que a gente não vai morar numa casa tão cedo e vocês não querem cachorro em apartamento, pensei que vocês poderiam me dar um hamster, pequenininho, que não dá trabalho...., que tal?"




Gente...O que faço??????? Help me!!!

2 comentários:

La Belle® disse...

Eu sou suspeita, porque adoro cachorros e depois que casei, não pude mais ter nenhum...

Não que meu marido não goste, mas pelo fato de vivermos em trânsito e na correria diária, o bichinho teria que ficar sozinho muito tempo ou na casa de alguém enquanto estivéssemos viajando para algum lugar que não pudéssemos levá-lo.

Ainda estou tentando convencer meu maridôncio, mas de certa forma, concordo com ele e me contento com o de pelúcia que ele me deu ( rindo muito).

Com relação ao hamster, eu sinceramente, acho furada.... Minha prima teve um, que fugiu da caixa dele e foi uma loucura encontrá-lo dentro de casa... Ele entrou nos armários, nos buracos que encontrava pelo caminho e foi um inferno..rs..

Já pensou num aquário?

Beijocas!!

Eu penso que... disse...

É...vc tem toda razão...
Obrigada pelo apoio.
Bjs.