segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Boa-noite John Boy!


Estreou há dez dias uma nova série no Brasil. "Brothers & Sisters" é o novo seriado da Universal, que retoma um antigo tema que fez muito sucesso nos anos 70 e 80. O universo familiar e seus dramas em uma típica família americana. Na minha opinião, é um resgate do programa "Waltons".
Quem está hoje na faixa dos 35 anos deve se lembrar do que estou falando. Parece até que estou ouvindo as célebres frases...
"- Boa-noite John Boy!"
"- Boa-noite, Mary Ellen!"
Estes diálogos ficaram marcados na minha memória e na dos milhares de fãs do programa.
Lembro que adorava o final de cada episódio da série. Era sempre a mesma cena: as luzes da casa dos Waltons iam se apagando, à medida que os membros da família iam dormir. Achava o máximo... e o John Boy (Richard Thomas) era o meu personagem favorito. Achava ele lindo. Hoje, acho um bofe!
Fiquei arrasada quando ele foi substituído e saiu do programa (1978). Para mim perdeu a graça... E parei de ver a partir daí.
Fui pesquisar e soube que o programa começou a ser exibido em 1972 e só acabou em 1981. Eu era uma pirralha e já assistia a série, que retratava os anos 30, durante a Grande Depressão, nos EUA. Hoje, sabendo disso, consigo entender porque enfrentavam tanta dificuldade.

Era tudo muito difícil e todos trabalhavam para ajudar a família. Até as crianças, quase não brincavam e ajudavam na serraria, que era de onde vinha o ganha pão da família. Apesar de toda pobreza, eles lutavam com muita união e conservavam grandes sonhos. John Boy, por exemplo, queria ser um grande romancista. Não me lembro, sinceramente, se conseguiu.
Mas, com certeza, deixou saudades.

6 comentários:

annix disse...

O John Boy virou escritor sim, tanto é que ele é o narrador da série, não era isso?
(daonde eu concluí que ele está contando a história da família)
O que eu amava mesmo era "Os Pioneiros". Aaah, fã da Laura Ingalls, li tudo.

Eu penso que... disse...

É mesmo Annix, ele era o narrador...
Vou procurar saber mais sobre "Os Pioneiros".
Bjs.

Arnaldo disse...

Eu também gostava de assistir Os Waltons. naquela época, não percebia o tanto de maniqueísmo que existia naquela família. Todo mundo era absolutamente do bem, sem nenhum pendor pra alguma maldade, alguma covardia, algum ato, por menor que fosse, de crueldade. Todo mundo era bonzinho. Aliás, não era só na família. Todo mundo daquela cidade era perfeitinho, cheios de pensamentos edificantes, cheios de amor pra espalhar pelo mundo. Um pouco como acontece nas novelas de TV, em que, qualquer personagem é, ou absolutamente bom, ou absolutamente mau, Não tem gente normalda ficção?

Antonio Fontelles disse...

Nossa, olha só o que vc foi desenterrar... John Boy... é claro que eu me lembro do "Boa Noite, John Boy..."
E o Sítio do Picapau Amarelo, você assistia? Eu adorava...
lembranças de um tempo que parece tão distante mas que está ainda tão vivo dentro de nós...
XXX/A

Anônimo disse...

por que a globo na repete esta serie foi otimo

Anônimo disse...

Ontem mesmo vi um capítulo de uma série e ele ,o john, estava atuando , fazia o papel de uma vítima de sífilis que estava com o cerebro corrompido pela doença.
Até que não estava com aparência muito velha .
foi bom vê-lo atuando .
senti saudades daquele tempo do "Boa noite john boy".