segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Mundo estranho- 2

Será que alguém poderia me explicar o que é isso?
1) Ando pelas ruas e volta e meia alguém (que nunca vi) me cumprimenta e sorri como se fossemos velhos amigos. Fico sempre naquela dúvida... Se cumprimentar, o sujeito pode querer parar e puxar conversa e eu não sou a pessoa que ele pensa conhecer. Se passo adiante e não retribuo o aceno, vai dizer que sou antipática. Criei uma solução...um sorriso a lá Monalisa, indescritível. Pode ser olá, ou simplesmente não te conheço!

2) Estou na fila para comprar quatro ingressos para o cinema, quando chega a minha vez, a caixa avisa que só tem mais dois tickets. O que fazer? Dou um ataque e digo que ela deveria ter avisado mais cedo... ou procuro outra sessão mais vazia e deixo para lá o filme que queria assistir?

3) Saio de casa mais cedo para encontrar uma vaga disponível no portão da escola das crianças, e na hora de estacionar não tem lugar algum. Dou mais uma, duas, três voltas até encontrar uma vaga, longe dali. É só estacionar o carro, que logo aparece aquela vaga maravilhosa, bem em frente ao portão da escola. Me mato ou acho que o dia está de mal comigo?

4) Vou a Lan House mais moderninha e bonitinha do pedaço e acho que vou me dar bem. Chego lá e depois de uns 5 minutos, o dono do lugar começa a ouvir e cantar música de funk. A galera do lugar se empolga e as amiguinhas já entram com o rebolado. A menina do meu lado, está preenchendo sua ficha no orkut e pergunta para todos? O que é éitina gente (leia-se etnia)? O outro responde... é aquela parada de cor da pele. Ahh tá.

6) Vou fazer uma inscrição na locadora para tirar fitas de playstation 2. É necessário, identidade, CPF, comprovante de residência (xerox e originais). Levo tudo como combinado...mas o sistema da loja não está online e ele me pede para voltar no dia seguinte. Explico ao filhote (já ansioso) que só amanhã. No dia combinado chego para tentar fazer a inscrição e o sujeito diz que no sábado não faz inscrição. O dono da loja é quem cuida do cadastro e ele não trabalha aos sábados... É mole? Dou dois gritos e ele diz que vai dar um jeitinho. Faz a inscrição de cara feia e me apresenta uma papelada tipo contrato de locação. É a garantia dele para eu levar uma fita de playstation. As folhas precisam ser rubricadas e assinadas, com testemunha e tal. Precisa disso tudo para levar apenas uma fitinha de 5 reais de locação? Que mundo estranho!

Um comentário:

eu disse...

Oi Dedéia, passa lá no meu blog que eu te passei um même, os detalhes estão na página de hoje.
Beijos,blogsister...